Os ingredientes da cerveja II: o lúpulo

Cervejas

Na produção de cerveja sempre foram usados temperos para dar sabor e minimizar o gosto azedo residual da fermentação do malte. Foi a partir dos estudos da Santa Hildegarda von Bingen que o lúpulo se tornou o principal tempero usado nesse preparo.

Lúpulo

Este ingrediente é considerado o tempero básico da cerveja. É ele que confere aromas e sabores únicos à bebida. Sem a adição de “temperos”, a cerveja tende a ser adocicada, devido aos açúcares residuais do processo de fermentação do malte. Por esse motivo, o uso de temperos tornou-se necessário, de modo a conferir novos aromas e sabores ao produto. O lúpulo, em questão, tornou-se o mais utilizado quando se percebeu que a sua flor também tem propriedades conservantes e sanitizantes, o que faz dele um tempero com vantagens triplas.

img2 Disponível em: https://goo.gl/DgrJ6N.

O lúpulo é uma trepadeira e só a sua flor é usada. No entanto, por ser uma planta dioica (com árvores macho e fêmea), apenas a flor fêmea é utilizada, já que a flor macho não tem as mesmas características organoléticas.

Uma curiosidade: o lúpulo é da família das canabiáceas. Porém, não é preciso se preocupar porque, mesmo sendo uma planta do gênero canabis, ele não possui propriedades alucinógenas.

Há mais de 60 variedades de lúpulo que são produzidas e disponibilizadas para a produção de cerveja. Por ser uma planta de clima temperado, as regiões de maior produção de lúpulo estão concentradas em latitudes altas (Alemanha, Bélgica, República Tcheca, China, dentre outros).

Algumas propriedades do lúpulo:

  • Confere aroma e amargor;
  • Possui ação sanitizadora, antibacteriana e antioxidante;
  • Funciona como estabilizante da espuma.

Com tantas variedades e características fica difícil ter uma noção clara de todas as combinações que se pode conseguir com os diversos lúpulos. Isso é bom para aqueles que têm sede de novidade, pois, com tantas opções de combinações, é possível sempre ter uma receita diferente e com poucos ingredientes.

Contudo, vale a pena lembrar que o lúpulo não é o único tempero usado: os cervejeiros brasileiros e italianos têm ganhado destaque no cenário moderno da produção de cerveja graças à utilização de frutas e especiarias regionais como ingredientes adjuntos. Além deles, também os norte-americanos e belgas estão em constante inovação quando se trata desse assunto, testando uma ampla e nova gama de ingredientes em suas fórmulas.

img1Disponível em: https://goo.gl/UcV5rP.

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditShare on LinkedInEmail this to someone

Notícias

Produção da Cerveja

Podemos descrever, de maneira interessante, a produção da cerveja segundo os procedimentos que estão no livro Cervejas, Brejas & Birras »

VEJA MAIS

Os ingredientes da cerveja I: a água e o malte

Hoje é muito fácil saber que uma cerveja é feita de quatro ingredientes básicos: água, malte, lúpulo e levedura. Porém, »

VEJA MAIS